Loading...

Sobre…

/Sobre…
Sobre…2018-08-04T15:35:16+00:00
foto: Gabriel Skinner

O que eu faço há mais tempo, além de respirar, é tocar música. Comecei tocando acordeão, aos seis anos de idade. Estudei esse instrumento até os quatorze anos e então enjoei, achava brega (esse termo ainda não existia; falava-se “cafona”). Aí, aos dezessete, descobri o Astor Piazzolla. Ele tocava bandoneon, mas era fole do mesmo jeito. Foi quando tirei o acordeão da caixa e fiz as pazes com ele. Mas nessa altura eu já havia descoberto o piano e as flautas e ouvia rock, clássicos, jazz, Milton Nascimento, Egberto, Yes, tudo o que era música boa. E como havia música boa!

Aí fui ser biólogo. Estudei na UFRJ, fiz um bacharelado em Ecologia, uma pós em Biofísica, fui ser professor universitário. A música sempre andando junto. Foi quando veio o Bacamarte, com o qual toquei flautas e acordeão. Gravamos um disco ótimo chamado Depois do Fim, sempre bem citado em qualquer boa resenha sobre rock progressivo escrita em qualquer lugar do mundo. Quando o Bacamarte parou de tocar comecei a fazer shows com minhas músicas, algumas trilhas para teatro, dança, vídeo e instalações.

Enquanto isso, descobri que também gostava de artes visuais, fui me meter com informática, fazer websites, mergulhar fundo naquela tal de Internet e, como uma coisa puxa a outra, quando percebi, estava editorando livros, criando “coisas gráficas” e “coisas multimídia”. E fiz isso se transformar em trabalho. Aí criei a empresa CliqueAqui Comunicação Interativa. São muitos trabalhos e projetos ao longo desses anos: os primeiros sites do cantor Ney Matogrosso (IBest Top3 Brasil na categoria Personalidades e IBest Top5 Brasil na categoria Revelação), todas as versões do site da cantora Simone (a mais recente lançada ano passado), o portal Novamúsica, pioneiro em divulgar músicos independentes e colocar música na rede, precursor de serviços como Trama Digital e congêneres, a modelagem do portal de artes Canal Contemporâneo, websites institucionais para empresas ligadas à saúde, comércio exterior, mercado imobiliário, universidades e por aí vai. Em 2014 inventei de voar com drones. Passei a gostar muito de fazer filmes e fotos aéreas e dei um jeito de incorporar essa atividade no meu trabalho.

A música vai bem. O Bacamarte, desde 2012, voltou a se apresentar, coisa que me deixa muito contente, e integro a banda de rock progressivo Vitral, cujo primeiro disco está sendo lançado em 2017. Tenho alguns projetos em andamento: shows, cd etc. Além disso, também toquei flautas, piano, teclados e acordeão com o Roque Malasartes. Gravei com eles o CD “A Memória das Naus”. Também criei a capa desse disco e fiz a masterização.

Adoro fotografar, viajar para lugares frios e montanhas ou um mar calmo para mergulhar; acredito no vinho e não como carne desde 1982; tenho dois gatos, o Ravel e o Tim, antes teve o Navaranda, que gastou todas as suas nove (ou sete) vidas, e um husky siberiano chamado Merlin, que um dia foi sequestrado na porta da minha casa e nunca mais se soube dele.

Passo as horas vagas arrumando formas de ser feliz. E amo profundamente a Mariane já tem mais de vinte anos. O resto é mar…

Multimídia

Webdesign
Programação visual
Editoração
Edição de vídeo
Animação
Autoração DVD / Bluray

Principais Softwares utilizados

Edição de imagens / Programação visual / Editoração:
Photoshop, Illustrator, Quark Xpress, In Design, Corel Draw

Webdesign:
Dreamweaver, Serif WebPlus, Bloco de Notas

Edição de vídeo / Animação / Autoração:
Adobe Premiere, After Effects, Fusion, Avid Media Composer, Flash, Encore

Música

Acordeão, piano, flautas (doce, transversa, étnicas), EWI (Electronic Wind Instrument).
Programação de sintetizadores e sequencers.
Edição e masterização de áudio.
Arranjo e composição.

Principais Softwares utilizados:
Reason, Sonar, Protools, Wavelab, Soundforge, Kontakt.

Formação acadêmica

Ciências Biológicas, Instituto de Biologia – UFRJ

Bacharelado em Ecologia, Instituto de Biologia – UFRJ

Pós graduação: Biofísica, Instituto de Biofísica -UFRJ